Densitometria Óssea

Densitometria Óssea

Densitometria Óssea

Simples e rápido, esse é o principal exame para a detecção precoce da perda de massa óssea, possibilitando a prevenção e combate à osteoporose, doença que aumenta o risco de fraturas.

Apesar de ser útil para o estudo de diversas partes do organismo, a densitometria se concentra em três regiões mais suscetíveis a fraturas: colo do fêmur, vértebras e o rádio distal.

Como é feito o exame?

Primeiro, o paciente se apresenta na clínica ou hospital onde marcou o exame, sem nenhum preparo, ou seja, nada de jejum, nada de suspender medicamentos.

Então, o técnico conduz o paciente até uma sala onde fica uma mesa de exame semelhante à de um raio X, na qual o paciente se deita.

Após ser ligado, o aparelho de densitometria percorre a parte superior do corpo, emitindo radiação ionizante.

Na parte de baixo da mesa, ocorre a captação dos registros do exame e a transferência dos dados para o computador, geralmente de modo automático.

Esse exame fornece dados para a análise específica da perda de cálcio nos ossos, feita por um especialista.

PREPARO

Suspender a medicação (Cálcio) 2 horas antes do exame. Trazer exame anterior da região analisada.

OBS. LIMITE DE PESO: 110 KG.

Documentos necessários

Pedido Médico

Documento válido de identificação com foto, como RG ou CNH.

Prazo

3 dias

Preço

Sob consulta.

Unidade de Atendimento

Penha