Punção Aspirativa guiada por Ultrassonografia

Punção Aspirativa guiada por Ultrassonografia

O que é?

A punção aspirativa é o procedimento mais sensível e específico para fazer o diagnóstico diferencial entre lesões benignas e malignas sem abordagem cirúrgica. De acordo com os procedimentos médicos de rotina, para saber qual a natureza desse nódulo ou cisto, do que ele é formado, é necessário fazer uma punção. Primeiramente, haverá a limpeza da pele com anti-septico. Após, haverá a introdução da agulha no interior da lesão. São realizados vários movimentos de vaivém na lesão. O material coletado será colocado em lâminas/frascos para análise citológica. É importante informar que cerca de 10% a 20% das punções (ou seja, de 10 a 20 de cada 100 punções realizadas), o material obtido pode não ser suficiente para definir o diagnóstico. Nestes casos, pode ser necessário repetir a punçõe ou mesmo realizar outra biópsia. O procedimento dura, em média, 15 minutos. Não realizamos com sedação.

Quais os Benefícios deste exame?

Possibilita o diagnóstico de doenças com retirada de menos tecido evitando biópsias cirúrgicas que potencialmente deixam mais cicatrizes, sendo o tempo de recuperação bem mais curto. Este procedimento permite evitar cirurgias se o resultado for de lesão benigna e planejamento apropriado se o resultado da biopsia for positivo.

Quais os riscos deste exame?

Pode ocorrer insucesso, isto é, cerca de 10% a 20% das punções (ou seja, de 10 a 20 de cada 100 punções realizadas) – o material obtido pode não ser suficiente ou ser inadequado para definir o diagnóstico. Nestes casos, pode ser necessário repetir a punções ou mesmo realizar outra biópsia. Podem ocorrer algumas complicações do próprio procedimento: hematoma pós procedimento, isto é, acumulo de sangue no local onde se fez a punção. Eventualmente, pode ser necessária a retirada de sangue acumulado através de cirurgia; infecção local que, às vezes, requer retirada de coleções, pus e uso de antibióticos. Os índices de complicações são muito baixos, da ordem de menos de 1% em algumas séries

Destino do material

Todo o material que for extirpado do paciente é encaminhado para estudo anatomopatológico para confirmação diagnóstica da patologia do paciente. O resultado deve ser interpretado no contexto do diagnóstico clínico e da lesão.

Cuidados após o exame

Em caso de hematoma, o paciente deve fazer compressa de gelo 3 (três) vezes ao dia. Caso ainda tenha dúvida ou complicação sobre o exame, entrar em contato para informar o caso.

Atendimento mediante Acompanhante:

No ato atendimento, os pacientes abaixo explicitados deverão estar acompanhados até o fim do atendimento:

  • Pacientes menores de 18 anos (responsável legal);
  • Idosos cujas limitações físicas e/ou mentais exijam cuidados permanentes e/ou especiais;
  • Portadores de deficiências físicas que necessitem de auxílio regular para locomoção;
  • Pacientes internados – acompanhamento médico (do hospital/ambulância)

Documentos necessários

Pedido Médico

Documento válido de identificação com foto, como RG ou CNH.

Carteirinha do Convênio (se for o caso).

Prazo

Mesmo dia.

Preço

Sob consulta.

Unidade de Atendimento

Penha – Necessário Agendamento Prévio
(Encaminhar Pedido Médico para: agendamento@gimidiagnostico.com.br)